Dicas de decoração com fita adesiva

Você já ouviu falar da tape art? É uma técnica que começou nos Estados Unidos e Alemanha nos anos 60, quando artistas (principalmente grafiteiros) resolveram incluir fitas adesivas como elementos da arte. Após algumas décadas, a técnica de decoração com fita começou a crescer e aparecer nas casas, seja em paredes ou móveis, e vem sido cada vez mais usada no Brasil.

Mesmo essa técnica sendo usada por grafiteiros, não é difícil reproduzir em casa. A grande vantagem de usar as fitas para decoração é exatamente não ser necessário contratar um profissional, apenas com um pouco de dedicação e criatividade você consegue mudar a cara de um cômodo! Além disso, seu espaço será personalizado e único.

Pinterest

A fita gaffer (fita de tecido) e a fita crepe são ótimas para o uso na decoração. São super resistentes, não deixam cola e são mais difíceis de ficarem com marcas de dedo. Além disso, elas possuem diversas larguras e cores. A fita isolante também é muito usada, mas com maiores chances de ficar com marca de dedo.

As fitas pretas são mais usadas em fundos claros, mas as coloridas podem ficar boas em diferentes locais. O que vale é deixar a imaginação aflorar.

Pinterest

A fita crepe também pode auxiliar quando você quiser dar uma nova cor para sua parede. Você pode criar diversas formas e pintar cada uma como quiser. Ah, essa fita é de fácil remoção e não deixará resto de cola!

Pinterest
Pinterest

Como realizar a decoração com fita:

– Limpar o local em que será aplicado;

– Caso não seja um desenho livre, fazer um rascunho de lápis para auxiliar;

– Testar em uma pequena parte da parede, para que não corra o risco de sair tinta quando for retirar a fita;

– Estique bem a fita, evitando que forma alguma bolha.

As fitas são ótimas alternativas para decorar aquele espaço que você já enjoou, e você pode encontrar todas na Casa do Roadie!

Curtiu a ideia? Então segue o vídeo da Aline Albino com o passo a passo 😉

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *